CACHORRO, CÃO, GATO, OUTRUBRO ROSA, PET, PREVENÇÃO

Outubro Rosa

Outubro Rosa: Mês de Prevenção do Câncer de Mama em Animais

Aproveitando o Outubro Rosa, mês da luta contra o Câncer de Mama, iremos reforçar que esta doença não atinge somente as mulheres, de acordo com o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), cerca de 45% das cadelas e 30% das gatas desenvolvem algum tipo tumor, sendo 85% deles malignos. A doença costuma afetar animais mais velhos, segundo reportagem da revista Abril com o veterinário Andrigo Barboza de Nardi, professor da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

O risco entre os felinos é ainda maior do que nos cães, pois a incidência de tumores malignos nas gatas é de 80% a 90%, já nas cadelas, de 50% a 60%. Mas você sabe o que pode salvar o bichinho? O diagnóstico precoce. Quanto mais cedo o problema for detectado, mais fácil é o tratamento.

Como prevenir o câncer de mama nos pets

Segundo o CFMV, fatores relacionados à idade, tratamento com progestágenos, obesidade nos primeiros anos de vida e dieta baseada em comida caseira, são apontados como principais razões para a crescente incidência deste tipo de doença.

Uma das formas mais eficazes de prevenir o câncer, e recomendada pelos veterinários, é a castração do animal, que deve ser feita ainda nos primeiros meses, antes do primeiro cio. Mesmo se tratando de um procedimento cirúrgico, o método é eficaz e causa menos danos às fêmeas do que uso de contraceptivos.

Quanto mais cedo o animal for diagnosticado, maiores são as chances de cura. Hoje em dia existem diversos tipos de tratamento, o mais indicado é a cirurgia para extração dos tumores ou das mamas.

Atualmente, cerca de 17% dos diagnósticos, principalmente em cadelas, são realizados de forma tardia, o que reduz as chances de cura. Durante o processo de diagnóstico, a atenção do dono é essencial. Para isso, basta fazer, regularmente, apalpação nas mamas para verificar qualquer alteração, além de observar o aparecimento de lesões. Caso observe mudanças significativas, o animalzinho deve ser levado médico veterinário para as providências necessárias.

Tratamento contra o câncer de mama

No Brasil, já existem diversos tipos de tratamento contra o câncer de mama. Caso o animal seja identificado com a doença, o mais indicado é a cirurgia para a retirada dos tumores ou das mamas. Em casos mais extremos, além do procedimento cirúrgico, o bichinho pode passar por sessões de quimioterapia antineoplásica.

FONTE: https://www.reidosanimais.com.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *