Reencontros emocionantes

Cadelinha perdida já tinha até sido vendida

Por Fátima ChuEcco

O que aconteceu com Sophie, uma cadelinha de quase dois anos de idade, foi uma incrível mudança de destino, pois, por muito pouco, ela nunca mais voltaria para seu tutor, o empresário Maurílio Juvêncio, de Santa Catarina.

Sophie ganhou o colo de Maurílio há apenas dois meses quando foi dada a ele de presente, mas um incidente interrompeu bruscamente a relação que começava a se formar entre os dois: ela escapou por um pequeno espaço do muro da casa e, uma vez na rua, foi roubada.

Aliás, tutores de cães de raça têm uma preocupação a mais quando eles fogem e se perdem: a ação de pessoas inescrupulosas que não pensam duas vezes antes de vender o animal.

“Para recuperar a Sophie utilizei as redes sociais postando o sumiço dela em grupos de venda de cachorros, de pets achados e perdidos, grupos dos bairros próximos e também pedi para grandes páginas da região no Instagram postarem. Colamos cartazes em várias agropecuárias, petshops e clínicas veterinárias”, conta o tutor.

As ações tomadas por Maurílio são absolutamente necessárias e devem ser feitas de imediato no caso de cachorros perdidos, mas também podem ser incrementadas com anúncios “inteligentes” como os da AlertPet, que visam alcançar um número maior de pessoas dentro de uma região que nem sempre fazem parte dos grupos de amantes de animais ou de pets perdidos.

“O disparo de alerta funciona porque muitas pessoas usam as redes sociais mais famosas e essa forma direcionada de espalhar o anúncio facilita muito. Encontrei a Sophie cinco dias após o desaparecimento. A AlertPet tem um suporte rápido e atencioso”.

Mas antes disso a cadelinha perdida passou por apuros. Uma pessoa que encontrou Sophie na rua a levou embora e dois dias depois já a vendeu para uma família. A situação tinha tudo para terminar com tutor e cadelinha separados para sempre.

“No entanto, a família viu as postagens da AlertPet nas redes sociais e entrou em contato para devolver a Sophie. Claro que pagamos a recompensa”.

Segundo Maurílio, o reencontro foi emocionante:

“Ela já estava bem grudada com a gente. Estamos radiantes que ela voltou e agora estamos tomando toda a atenção para não deixá-la fugir. Instalamos tela por todo o muro e já estamos em processo para colocar um microchip”, diz aliviado.

Para recompensar o susto que deu em sua família, Sophie anda muito carinhosa, mais ainda que antes. Maurílio conta que ela adora um colinho e “vai com todo mundo”. Mas como todo mundo não pode, né Sophie? Olha no que deu dar confiança para estranhos!

Fátima ChuEcco é jornalista especializada em animais domésticos. Atuou durante 11 anos na Anda – Agência de Notícias de Direitos Animais e foi colunista de diversos veículos escrevendo artigos sobre cães e gatos. É autora de vários livros sobre animais como o clássico “MI-AU Book – Um livro pet-solidário”.

Como ter sucesso na busca por cachorros perdidos

A AlertPet oferece pacotes de busca de diversos preços e abrangências para facilitar o acesso desse serviço a todos os tutores que vivem a aflição de estar com um cachorro perdido.  Os alertas podem cobrir desde um bairro até uma cidade inteira, o que vem a ser muito útil, já que, como dito acima, cães podem percorrer vários quilômetros por dia.

A empresa também fornece a arte de um cartaz interativo com o QR Code da página do pet na internet para que o tutor possa ser instantaneamente contatado. Esse serviço é acompanhado por um suporte telefônico com atendentes especialmente treinados para lidar com esse momento delicado que todo tutor enfrenta quando perde um bichinho. E o tutor ainda recebe um relatório das ações empreendidas na busca. 

Uma ideia sobre “AlertPet interferiu positivamente no destino de Sophie

  1. Viviane disse:

    GATINHA da cor branca com olhos azuis e pequenas manchas pretas nas costas na cabeça e na cola. Atende pelo nome de Anita, é bastante medrosa e arisca, está usando coleira de identificação. Gata castrada. Se alguém tiver alguma informação entrar em contato pelo fone e watsap 98423-3382 FAMÍLIA AFLITA .

    Sumiu na madrugada do dia 08/05 entre Domingos pedro Hermes e Célio Veiga

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *